Outro Olhar – Fotografia

Gente boa!

A fotografia é algo fascinante. É apenas uma imagem estática, um registro de um momento no tempo e no espaço, e no entanto nos leva para muitos e muitos lugares e mundos, alguns tão distantes que nem conseguimos descrever.

Nesta pequena série sobre a fotografia queremos abordar alguns ângulos dessa arte fabulosa.

O primeiro deles foi o que intitulamos “Um Olhar”, como o ponto de vista do fotógrafo.

Neste segundo artigo “Outro Olhar” , o ponto de vista de quem vê.

1. QUEM VÊ

quem vê

Na verdade das verdades, só o fotógrafo é que sabe mesmo o que ele viu naquele momento de tempo e espaço.

Agora quem vê uma foto, uma imagem, esse tem um “Outro Olhar” que é igualmente fascinante.

Esse “Outro Olhar” traz consigo uma infinidade de elementos, muitos deles até desconhecidos da própria pessoa que olha, que vê.

São emoções, são sensações, são percepções que se expressas de alguma maneira poderiam até nos deixar atônitos: Como é que ele conseguiu ver isso tudo?

2. BACKGROUND

foto, pro tás da foto

Esse “Outro Olhar” é aquele que muitas vezes percebe a intenção do fotógrafo, mas que na maioria das vezes carregou tantos elementos no olhar que criam um novo momento para um momento que já era registrado e estático.

Essa coisa toda que vem nem se sabe de onde, parece calar fundo na alma, sem explicação, sem palavras, pois as palavras são pobres diante de tanta sensação.

E quem vê de fato, quem tem esse “Outro Olhar” sabe do que falamos.

Muita gente apenas olha sem ver.

E aí ainda tem a coragem de falar: Não vi nada demais!

Tem muita gente assim por aí. Gente que olha e não vê.

Mas o lhar do qual falamos aqui é aquele que não importando a idade do indivíduo, vê além do que se vê.

Pois é. Esse olhar que penetra no tempo e no espaço e absorve tanto a intenção do fotógrafo, ou a intenção do momento que o fotógrafo conseguiu registrar, é o que vê as realidades de fato.

É o que vê a alma, as almas, o momento, os momentos, e se funde na percepção da intenção dos momentos com o momento presente se deixando carregar para mundos e dimensões excepcionais.

3. PROJETO

projeto fotografia

Quanto melhor o projeto do fotógrafo, mais profundas as “viagens” proporcionadas a quem tem esse “Outro Olhar”.

Agora falamos de fotos e imagens com intenção, com propósito, dentro de um plano, um projeto.

Normalmente essas tem explicações das razões e motivos que levaram o fotografo a produzi-las e selecioná-las para exposição.

Mas mesmo com as explicações tudo o que foi dito acima acontece também. Agora com ingredientes facilitadores das imaginações e provocadores das relações sensoriais que temos ao observar, olhar e ver essas imagens.

Mas um projeto também gera um clima que favorece ou desfavorece essas percepções. E também o ambiente de exposição interfere nesse olhar.

Aqui no site pretendemos gerar um ambiente livre, leve, solto e tranquilo para que qualquer artista ou artesão possa expor suas obras (obviamente através de meios digitais).

Você também pode fazer expor suas obras aqui! Entre em contato com a gente pelo e-mail contato@soartista.com.

Conheça também os trabalhos de nossos artistas colaboradores clicando aqui.

4. COMUNICAÇÃO

pós parto, recém nascido,BEBÊ

Hoje em dia as imagens fazem parte do cotidiano e são utilizadas para chamar a atenção para tudo o que se possa imaginar.

Dessa forma perdeu-se um pouco desse desenvolvimento crítico desse "Outro Olhar".

Não dá tempo pra muita coisa e a gente passa batido deixando de apreciar o belo, deixando de entender o que as imagens nos falam em essência.

Deixando de perceber as intenções dos fotógrafos, seus projetos, o que desejavam comunicar.

Também deixamos de perceber as mensagens implícitas nos momentos registrados, mesmo que ao acaso, na oportunidade, ou no oportunismo.

As imagens comunicam muito mais do que as palavras. São poderosas, e até mesmo perigosas.

Tem a capacidade de falar com algo além da simples razão. Podem nos levar a ações que nem de longe estavam em nosso radar.

E por isso precisamos ficar atentos por que tem muita gente que tenta nos levar a ações a partir de imagens, ações essas que não estavam em nossa mira e das quais podemos nos arrepender depois.

Principalmente na questão de nos levar a comprar aquilo que na realidade não precisamos.

Por isso precisamos recuperar nossa capacidade de ter e exercer esse “Outro Olhar” que percebe as intenções, e que mesmo que carregue em si um monte de elementos até desconcertantes, consiga discernir essas intenções e agir, se for o caso, com propriedade.

Para isso mantenha sempre em mente o senso crítico. Questione!

Parabéns aos que conseguem exercer a capacidade desse "Outro Olhar".

Tudo o que é belo, tudo o que é bom deve ser mostrado e compartilhado. "Com Muitos Olhares".

Boa Apreciação!

No próximo post: “Expressão e Opinião”

Receba nossa correspondência com as novidades da nossa blogosfera. São muitas alternativas para todos os gostos.

É só clicar!

Cadastre-se e ganhe livros digitais GRATUITOS!!

Por hoje é só!

Um Excelente viver pra você!!

Marcus e Mel

MVE Produções

P.S.:

Gostou?

Compartilhe este artigo com seus amigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.